Autor Tópico: Ondas utilizadas para gerar energia na Póvoa de Varzim  (Lida 774 vezes)

Offline r1c4rd0100

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 0
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.webtuga.com/
Ondas utilizadas para gerar energia na Póvoa de Varzim
« em: Maio 23, 2006, 06:14:30 pm »


A Póvoa de Varzim prepara-se para receber o primeiro parque mundial de conversão de energia das ondas, com o recurso a uma tecnologia única conhecida como pelamis. A construção deste cluster é da responsabilidade de uma das maiores empresas no mercado nacional das energias renováveis – a Enersis – e da empresa escocesa Ocean Power Delivery.

A Póvoa de Varzim vai receber o primeiro parque mundial de aproveitamento da energia das ondas. O projecto Okeanó – resultante da parceria entre a empresa portuguesa Enersis e a escocesa Ocean Power Delivery – será um importante pólo de energia alternativa não só para o concelho, mas também para todo o país.

Segundo noticiou esta segunda-feira o \\"Jornal de Notícias (JN), que citou as últimas estimativas da Enersis, este pólo poderá abastecer «mais de um terço do concelho em 2008, já que 10 por cento da energia produzida reverterá a favor do município» . Para se ter uma ideia, cerca de 25 mil habitantes poderão usufruir da energia das ondas. Aires Pereira, edil da Póvoa de Varzim, salientou ao JN que se trata de «uma excelente poupança do município em termos energéticos» , mas também uma forma de garantir novos postos de trabalho.

Até 2008 é de esperar que este cluster consiga produzir energia suficiente para abastecer uma população de 250 mil habitantes.

O Okeanós está dividido em duas fases -, Aguçadoura 1 e 2 -, e trata-se de uma instalação feita a partir de tecnologia pioneira. Os equipamentos estão já a ser montados e, posteriormente, serão rebocados para o mar ao largo da Póvoa de Varzim, já no próximo mês de Setembro. Numa fase experimental vão ser instaladas três estruturas de produção de energia, denominadas pelamis (estruturas semi-submersas na água em forma de tubos de 37,5 metros de comprimento e 3,5 metros de diâmetro). Dependendo do «sucesso da experiência» o objectivo é instalar um parque com 38 pelamis, sublinhou o autarca.

Portugal é um país estratégico na produção de energia a partir das ondas e possui um dos maiores potenciais a nível mundial para a utilização desta energia renovável. Segundo o Centro de Energia das Ondas, além de fornecer «energia eléctrica renovável, a energia das ondas é igualmente vista como uma oportunidade para desenvolver produtos com um forte potencial de exportação a nível mundial, assim como um ramo de tecnologia com aplicação na exploração de outros recursos marinhos» .

Em Setembro de 2007, Portugal vai receber a próxima Conferência Europeia de Energia das Ondas e das Marés.

Fonte: ciberia.pt

Offline Riey

  • Global Moderator
  • Newbie
  • *****
  • Mensagens: 0
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.submundos.com
Ondas utilizadas para gerar energia na Póvoa de Varzim
« Responder #1 em: Maio 23, 2006, 06:16:53 pm »
nao sabia, e eu nao moro muito longe, bom post....lol, aqui nao há tipo \\"bom post\\" e \\"mau post\\"??Lol

 

Sitemap 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49